Extorsão Virtual: seus dados são o novo refém


Em plena era da informação, dados tem um valor altíssimo, não só para fins pessoais ou comerciais, mas também – infelizmente - para a utilização por criminosos, que são atraídos a praticar diversos tipos de extorsões cibernéticas. Assim, atualmente, nossos dados podem ser vistos como o novo refém da área da tecnologia.
O “sequestro” dos dados pode ocorrer de diversas maneiras, seja substituindo a chave de criptografia existente em um banco de dados através de ataques DDoS, ou ainda pelo bloqueio do acesso a documentos, e até mesmo ao computador, criptografando os dados. Mas neste momento, quero alertar sobre um tipo específico de extorsão virtual, chamada “Ransomware”, que é uma espécie de malware criado especificamente para bloquear ou criptografar os seus dados e, em seguida, exibir um pedido de resgate. Ao ter sua máquina infectada, surge uma mensagem explicando que qualquer tentativa de desinstalação ou remoção das funcionalidades do malware acarretará na perda de todos os seus dados, imediatamente.
Para entender melhor como isso funciona na prática, uma vez que o sistema da vítima é comprometido, um tipo de criptografia se instala e inicia uma varredura completa do disco rígido, com o objetivo de localizar documentos e arquivos importantes. O próximo passo é a criptografia dos dados, que converte os arquivos selecionados de uma forma que se tornem ilegíveis. Existem também alguns casos em que os arquivos não são criptografados e o computador é apenas "travado", não permitindo o usuário utilizar nenhuma funcionalidade.
Por fim, uma mensagem de resgate é exibida na tela da vítima, exigindo uma quantia determinada em troca de uma chave de decodificação ou desbloqueio, completando assim, um ciclo que envolveu um crime cibernético feito com a ajuda do malware.
É importante frisar que a maioria desses malwares se espalha através de técnicas de engenharia social e armadilhas enviadas a partir de origem não solicitada, tais como spam, e-mails com anexos maliciosos e links para sites falsos. Por isso, fique atento e desconfie de qualquer arquivo suspeito. Na dúvida, não abra!


EmoticonEmoticon